Eixo curricular Consciência Corporal

No final de 2006 fomos instruídos pela Secretaria Municipal de Educação a elaborar o plano de curso de 2007 usando os conceitos de competência e habilidade.

O eixo curricular Consciência Corporal, impulsionado pelas deliciosas composições de Thelma Chan, no CD dos Pés à Cabeça, é trabalhado ao longo do ano e poderemos acompanhar algumas etapas através dos vídeos. A seguir, as competências (4) relativas a esse eixo e as respectivas habilidades (8).

4Conhecer o próprio corpo.
8Identificar as partes do corpo.

4Aprimorar gradativamente sua capacidade de movimentar as partes de seu corpo com mais eficiência.
8Nomear e caracterizar as diversas estruturas da cabeça (olhos, sobrancelhas, cílios, testa, nariz, boca, língua, dentes, bochechas, queixo, ouvidos e pescoço), tronco (tórax, ombros, costas, barriga), membros superiores (ombro, braço, cotovelo, antebraço, punho, mãos, dedos, unhas) e membros inferiores (quadril, perna, coxa, joelho, panturrilha, canela, tornozelo, calcanhar, peito e sola do pé, dedos, unhas).
8Demonstrar os movimentos e as utilizações de cada uma destas estruturas.
8Relacionar as limitações e possibilidades de movimento de cada parte (flexão, extensão, rotação, circundução, adução, abdução).
8Exemplificar a utilização dos movimentos de cada segmento corporal em situações cotidianas, expressando-se oral e corporalmente.
8Reconhecer diferentes informações sensoriais, indicando e localizando o respectivo órgão nos segmentos corporais.
8Identificar as diferentes posturas corporais e suas denominações.

4Construir conceitos motores [consciência de relação] da interação do próprio corpo com objetos e pessoas
8Mover-se interagindo com colegas: espelhando, copiando como sombra, em uníssono, junto/separado, alternando, simultaneamente, parceria/grupo.
8Mover-se interagindo com objetos (ou colegas): em cima/embaixo, dentro/fora, entre dois/entre vários, em frente/atrás, liderança/seguimento, acima/abaixo, através/ao redor.
8Identificar e nomear as diferentes possibilidades de movimento relacional.

5 comentários:

Daniela disse...

Oi Claudia gostei do seu blog! é parecido com o trabalho que realizo com meus alunos todos os dias na creche com crianças de 2 a 3 anos e preciso montar um projeto de movimento... já tirei alguns objetivos e ideias la do seu...mas se vc puder me ajudar, agradeço! abraço!

Patrícia disse...

oi Cláudia!!!! tudo bem???
eu me formei em ed. fisica esse ano....e fui convidada de elaborar uma oficina de atividades para professoras de pre escola...gostaria de saber...se vc pode me ajudar..dando ideias...se tem algum projeto..pra eu me basear...kero atividades diferentes...que colabore no desenvolvimento de crianças de 4 a 6 anos de idade....
meu e-mail é : pcapraro@hotmail.com
agradeço desde ja...
bjs

Cláudia disse...

Trabalhar com projetos é uma forma de assegurar uma ação em sintonia com o contexto(que é diferente em cada escola), considerando todos os detalhes da realidade e integrando as diferentes áreas do conhecimento. Os melhores parceiros para os projetos de vocês são, então, seus demais colegas de trabalho.
Na postagem "Promoção da saúde e hamsters... Como assim?", do dia 19/10/2007, apresento um anteprojeto, para iniciar o debate na escola.
Peço aos colegas com projetos afins aos pretendidos por Daniela e Patrícia para fazerem contato com elas e assim compartilharem suas experiências.

Armando disse...

Muito interessante, profa.
Estarei acompanhando para conhecer os outros eixos.

Anônimo disse...

Obrigada por compartilhar. Foi muito importante para meu trabalho.